Mais respeito!

Tutty Vasques

22 de março de 2010 | 00h34

ilustração pojucan

ilustração pojucan

Lula teve bons motivos para mandar Celso Amorim para Damasco na quinta-feira.

O chanceler praticamente pediu o castigo ao dizer em comentário sobre o relacionamento de Hillary Clinton e Benjamin Netanyahu que “em briga de jacu, inhambu não entra”.

O presidente, como se sabe, tem horror a este tipo de palavreado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: