Mal na foto!

Tutty Vasques

05 de fevereiro de 2014 | 02h15

reproduçãoDe punho cerrado no ar ao lado do ministro Joaquim Barbosa na retomada dos trabalhos legislativos, o deputado André Vargas (PT-SP), vice-presidente da Câmara, viveu um dos 15 segundos de fama mais bizarros da história recente do Congresso. Nem no futebol os dirigentes ainda se confrontam daquele jeito provocador e debochado. Injuriado com a condenação dos mensaleiros, Vargas ressuscitou na liturgia política o espírito Eurico Miranda de liderança esportiva.

Justo agora que o ex-presidente do Vasco contratou um marqueteiro para mudar sua imagem de mafioso, o deputado caprichou na pose desafiadora e desrespeitosa que o levou a protagonizar com o presidente do STF a primeira página dos jornais de ontem!

O ministro, que dias atrás foi cobrado por um flagrante dele em companhia de um foragido da Justiça brasileira num bar de Miami, pode agora usar o exemplo do deputado para se explicar: na posição que ocupa, não dá para escolher o paspalhão que tenta sair bem na foto a seu lado.