Menino de ouro

Tutty Vasques

12 de maio de 2011 | 16h12

dsaaadfAo assumir a paternidade da filha que vai nascer em novembro, sem esperar sequer o tira-teima por DNA, Neymar já pode dizer que é, de certa forma, melhor que Pelé.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: