Mera coincidência

Tutty Vasques

16 de fevereiro de 2011 | 13h59

TYEYComo em todo momento de crise no Rio, Sérgio Cabral estava fora do Estado quando a polícia começou a bater cabeça no noticiário.

Em defesa do governador, todavia, deve-se dizer que inúmeras outras vezes ele viajou e não aconteceu absolutamente nada de grave em sua jurisdição.

Essas coisas a oposição não vê – ô, raça!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: