Mera jesuscidência!

Tutty Vasques

17 de julho de 2012 | 00h02

ilustração pojucanDessa vez, convenhamos, Fernando Collor não tem por que se queixar da imprensa. Pelo contrário, deve estar até bem satisfeito com a entrevista que sua ex-primeira-dama concedeu ao ‘Fantástico’. Dona Rosane desmoralizou a denúncia ao acusar o ex-marido de, por exemplo, lhe pagar “só” R$ 18 mil mensais de pensão alimentícia.

Que mulher divorciada não gostaria de ter um ex-marido assim? “Tenho uma amiga que se separou e tem pensão de quase R$ 40 mil”, resmungou a loura de Canapi.

O ex-presidente pode até não ser o melhor, mas também não chega a ser o pior dos homens na descrição que Rosane fez de sua participação em rituais de magia negra na famigerada Casa da Dinda:

“O Fernando ficava durante três dias isolado no porão, dormindo em esteira, com roupa branca. Ele acreditava que assim o mal que faziam contra ele, voltaria!”
Como se muito mais ridícula não fosse a máxima evangélica preferida de Rosane: “Eu não acredito em coincidência, eu acredito em jesuscidência.”

Não à toa, a entrevistada do ‘Fantástico’ virou a piada preferida de ontem nas redes sociais. O próprio Collor deve estar até agora se escangalhando de rir!