Mercado negro

Mercado negro

Tutty Vasques

26 de maio de 2009 | 02h36

reprodução

Já chegou às calçadas de porta de escola de São Paulo a versão pirata do livro cheio de palavrões que a Secretaria de Educação recolheu das salas de ensino fundamental da rede pública do Estado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: