Moi non plus

Tutty Vasques

09 Setembro 2011 | 18h18

Tomara que a rejeição política a Dominique Strauss-Kahn na França não reacenda nele o instinto de “gorila no cio” que celebrizou sua vida pessoal.

É o tipo de coisa que não se deve cutucar com vara curta.