Muito pelo contrário

Tutty Vasques

04 Julho 2009 | 09h28

A jovem repórter de TV combinou tudo direitinho com o líder comunitário a quem entrevistaria ao vivo, dentro de instantes, junto a uma montanha de lixo obstruindo a calçada: “Eu vou perguntar se a empresa que faz a coleta tem passado por aqui, e aí o senhor diz o que está acontecendo, ok?” Quando, enfim, foram chamados no ar, deu-se o seguinte diálogo:

– Seu Pedro, a empresa de coleta de lixo tem passado por aqui?

– É pra dizer que sim ou que não? (silêncio!).

Corta! Lembrei dessa história bizarra assistindo Aloizio Mercadante responder em entrevistas durante a semana se, afinal, era a favor ou contra o afastamento de José Sarney da Presidência do Senado. Pelas minhas contas, o senador disse “sim” três vezes e “não” em outras quatro oportunidades.

A certa altura de seu discurso, fiquei com a impressão de que estava propondo a Sarney uma espécie de saída honoris causa. E tem gente que ainda acusa o Eduardo Suplicy de não falar coisa com coisa na bancada do PT. Ô, raça!

Texto publicado no caderno Cidades/Metrópole dste sábado no ‘Estadão’.