Nada é pra já!

Tutty Vasques

20 de fevereiro de 2014 | 06h12

ilustração pojucanA velocidade da informação, a notícia instantânea, o imediatismo das mídias sociais, todo esse papo acerca da comunicação na era digital ficou meio furado diante das circunstâncias da polêmica que esta semana mobilizou o meio artístico para esculachar o jovem ator Caio Castro na Internet.

Ingrid Guimarães, Pedro Paulo Rangel, Miguel Falabella, Marília Pêra e Laura Cardoso são alguns dos que foram aplaudidos de pé pela classe ao chamar o jovem galã de “anta”, “ignorante”, “desinibido”, e por aí vai. Há até bons motivos para isso – Caio confessa em entrevista a Marília Gabriela seu completo desinteresse por teatro e literatura –, mas o timing da reação é absolutamente anacrônico: o programa foi ao ar em setembro de 2013, mas só agora, depois de reprisado pelo GNT, repercutiu com força total nas redes sociais.

Se tem informação que demora até cinco meses para aquecer o noticiário, francamente, pra que tanta pressa na divulgação de fatos?