Não é o Zé Dirceu!

Tutty Vasques

01 de setembro de 2010 | 06h17

ilustração pojucan

ilustração pojucan

José Dirceu não vai substituir Pedro Bial no BBB! Também não pretende voltar ao governo ou tampouco à Disney este ano. O ex-ministro não faz outra coisa há tempos senão desmentir o que vem a público a seu respeito. Só não contestou o implante de cabelo a que se submeteu porque esta talvez seja a única coisa que deu certo na história contada depois daquilo tudo que ele, naturalmente, nega sobre o mensalão.

Negou agora evidências de disputa com Antonio Palocci pelo poder no próximo governo com a mesma convicção já utilizada por ele este ano para rechaçar notícias envolvendo seu nome ao escândalo da “nova Telebrás”, às articulações que tiraram Ciro Gomes da corrida eleitoral, ao último dossiê aloprado, às Farcs e o escambau.

A má notícia em pessoa virou uma espécie de genro que toda mãe imagina em pesadelos com a filha. Tem gente com medo dele, sem nenhum motivo para tal. A torcida do Atlético Mineiro, por exemplo, está apreensiva à toa com a possibilidade de lembrarem no clube do nome de José Dirceu para o lugar do técnico Vanderlei Luxemburgo! Pois se nem no governo Dilma Rousseff tem vaga pra ele, caramba!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: