Nasce uma estrela

Tutty Vasques

07 Setembro 2011 | 06h54

Agência EstadoEste ano não vai ser igual aquele que passou! Os chefes das Forças Armadas vão decerto sentir falta do Lula, que todo 7 de Setembro renovava seu vasto repertório de piadas sobre o ex-ministro Nelson Jobim.
Cá pra nós, sem os figurinos patrióticos da ex-primeira-dama Marisa Letícia para alegrar ainda mais o ambiente, só o netinho da presidente Dilma pode livrar o palanque das autoridades na parada militar de hoje, em Brasília, de uma chatice total.

Resta saber se a família Rousseff vai em bloco ao desfile depois da superexposição de Gabriel, domingo passado, na abertura das comemorações da Semana da Pátria. O moleque roubou a cena em sua estreia na Praça dos Três Poderes. Há muito tempo não se via ninguém tão expressivo em solenidades oficiais da Presidência. Reparou no jeito sério como ele olhava para a avó? Que gracinha!

Se não o levarem à festa hoje, vamos ter que nos contentar com o ministro Celso Amorim defendendo a retirada gradual das tropas brasileiras do Haiti. Desde que assumiu o posto de Nelson Jobim na Defesa, é só o que ele diz. Repara só!