Negócios da caxirola!

Tutty Vasques

02 Maio 2013 | 06h02

ilustração pojucanMixaria! Os R$ 5,35 milhões reservados no orçamento do Distrito Federal para a compra de capas de chuva para a polícia de Brasília são apenas uma pontinha da dinheirama que vai rolar pelas beiradas da Copa do Mundo. Capaz de já ter governo por aí gastando muito mais que isso em caxirola!

Por falar na tal “vuvuzela brasileira”, confesso que ainda não entendi direito o negócio por trás do chocalho do Carlinhos Brown, criado em parceria com a The Marketing Store, sob chancela do Ministério dos Esportes e da Fifa.

A não ser que caxirola vicie, a estratégia inicial de agraciar o torcedor – 50 mil delas foram distribuídas domingo passado na Arena Fonte Nova, em Salvador – dificilmente terá retorno financeiro.

Até porque, se valesse mesmo os R$ 29,90 que se pretende cobrar pelo chocalho na Copa, francamente, não haveria baiano que jogasse o seu em campo, por mais chateado que pudesse estar com o resultado da partida.

Vai acabar entrando dinheiro de governo nisso – quer apostar?