O império da falta de assunto

Tutty Vasques

23 Fevereiro 2012 | 00h10

Não importa quantos dias foram de férias, sempre que volto ao trabalho experimento a estranha sensação de que o mundo também parou durante meu período de recesso de leitura dos jornais.

Peguei ontem o bonde andando do noticiário com a nítida impressão de estar retomando a maioria dos assuntos exatamente no ponto em que os havia deixado quando saí do ar.

Plano de austeridade na Grécia, matança de civis na Síria, ameaça atômica no Irã, escândalo sexual com Dominique Strauss-Kahn na França, queda iminente da ministra da Cultura no Brasil… Quase tudo continua como dantes no quartel de Abrantes.

No gênero ‘notícia enguiçada’, a do Adriano até que parece ter pegado no tranco às vésperas do carnaval. Afora a marca histórica dos 100 quilos pela primeira vez na balança do Corinthians, o ‘Imperador’ teve comportamento impecável tanto no treino de segunda-feira, em São Paulo, quanto na dura que tomou horas mais tarde das Forças de Pacificação da favela onde ele nasceu, no Rio.

Incólume a todas as chances de confusão, Adriano ainda estreou no noticiário como futuro empresário da área de marketing esportivo.

Não é nada, não é nada, salvou meu fechamento.