O jogo do século

O jogo do século

Tutty Vasques

10 de julho de 2008 | 19h46

reprodução

Ficou combinado na carceragem da Polícia Federal em São Paulo que, quando todo mundo, enfim, estiver em liberdade ao mesmo tempo, vai rolar um jogo amistoso.

O próprio ministro Gilmar Mendes escalou os times ao dividir os presos em dois lotes de habeas corpus:

Ficou assim: de um lado, Daniel Dantas e mais 10; do outro, Celso Pitta, Naji Nahas e mais nove.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.