O jornal de quinta

Tutty Vasques

30 de março de 2010 | 09h15

Que notícia você gostaria que, depois de amanhã, se revelasse uma pegadinha de 1º de abril? Os católicos adorariam que o New York Times saísse na quinta-feira com a manchete “Papa caiu feito bobo”, desfazendo a denúncia contra Bento XVI por acobertar um serial pedófilo da Igreja nos EUA. “Ufa!”

Meio mundo respiraria aliviado se também o Lula aproveitasse o Dia da Mentira para mostrar como é fácil enganar a imprensa: nenhum jornal percebeu que sua viagem ao Irã programada para maio não passa de uma grande brincadeira. O presidente nem pensa em ir a Teerã!

Imagine o Dunga rindo de quem acreditou que ele vai mesmo levar o Josué à Copa. Sabe a censura ao Estadão? Caiu 1º de abril! Quem dera, né não? Mas tem gente que não perde a esperança na reversão de alguma má notícia por obra e graça da efeméride. O carioca de voto consciente, por exemplo, tem quase certeza de que Fernando Gabeira estava só pregando uma peça em seu eleitor ao anunciar que enterrará sua trajetória política numa aliança com César Maia. Dá pra acreditar? Particularmente, acho que é mais fácil fazer sol na Semana Santa, embora a meteorologia não tenha a mesma previsão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: