O maior vilão do Brasil

Tutty Vasques

02 Outubro 2012 | 02h02

reproduçãoÉ possível até que João Emanuel Carneiro, autor de ‘Avenida Brasil’, adie para depois do julgamento de José Dirceu a morte do escroque Max (Marcello Novaes), prevista originalmente para os próximos capítulos da novela.

Em matéria de vilão, com todo respeito ao cúmplice de Carminha (Adriana Esteves) nos chifres do Tufão (Murilo Benício), vai ser muito difícil competir esta semana com o protagonista da trama igualmente macabra que também chega a seu clímax no STF.

O próprio Mano Menezes, que amanhã volta a campo com a seleção na Argentina, deve escapar das vaias de todo brasileiro que a partir desta quarta-feira só vai parar diante das vitrines de lojas de eletrodoméstico para torcer contra o ex-ministro na programação da TV Justiça.

A exemplo do que acontece no folhetim da Globo, ninguém sabe ao certo como vai acabar a novela de maior sucesso na suprema corte, mas, se depender do julgamento popular, José Dirceu e seus parceiros de núcleo – José Genoíno e Delúbio Soares – terão o mesmo destino reservado a Carminha & Cia no horário nobre da maldade.

Final feliz para o público, em ambos os caso, é o pior que pode lhes acontecer!