O outro

Tutty Vasques

05 de agosto de 2013 | 06h35

O Brasil é mesmo um país sem memória: ninguém pergunta onde está o Amarildo que substituiu Pelé na Copa de 1962.

Ano passado, quando ainda se recuperava no Rio de um câncer na garganta, o ‘Possesso’ reclamava ser mais lembrado por fãs da Itália, onde também atuou, do que do Brasil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.