O país dos sem razão

Tutty Vasques

11 de março de 2014 | 05h49

ilustração pojucanA crise entre o PT e o PMDB é emblemática de um tipo de desentendimento cada vez mais em voga no Brasil: não raro nos conflitos expostos pelo noticiário ninguém tem razão, quase sempre estão todos errados na defesa de pontos de vistas diferentes.

Procure ouvir os prós e os contras sobre a Copa do Mundo, a greve dos carcereiros de São Paulo ou a dos garis do Rio, os rolezinhos, as pequenas manifestações que paralisam o trânsito, a PM e os black blocs, o governo e a oposição, o papel de Roberto Carlos na propaganda da Friboi, a alta dos juros, a troca do Pato pelo Jadson, o valor da venda do Neymar, o projeto das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), o mensalão tucano, a hidrelétrica de Belo Monte, o Big Brother Brasil, o Marco Civil da Internet…

Seja lá qual for o tema em discussão, pense duas vezes antes de tomar partido contra ou a favor no debate. Pra quem gosta de uma coisa errada, o Brasil tem sido um prato cheio!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: