O preço da mulher pelada

Tutty Vasques

06 de outubro de 2007 | 09h58

O McDonald’s vai pagar 6,1 milhões de dólares para funcionária obrigada a tirar a roupa.

E pensar que por muito menos a mulherada fica pelada de livre e espontânea vontade na “Playboy”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: