Ô, raça!

Tutty Vasques

30 Março 2013 | 00h03

Não bastasse bancar o primeiro lugar no ranking dos Congressos mais caros do mundo, os cofres públicos americanos gastaram US$ 1,6 milhão com despesas de George W. Bush em 2012.

No mesmo período, o contribuinte mão-de-vaca brasileiro desembolsou R$ 2 milhões com serviços prestados a seus ex-presidentes.