O segredo de Hillary

Tutty Vasques

02 de dezembro de 2010 | 14h25

A secretária de Estado americano tem bons motivos para liderar os esforços de contenção do vazamento provocado pela Wikileaks.

Hillary Clinton, parece mentira, mas consta de documentação diplomática ainda não divulgada, usaria o chulé como uma espécie de arma secreta nas conversações de paz no Oriente Médio!

Será o Benedito?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: