Olha a bikeeee!!!

Tutty Vasques

09 Março 2013 | 06h03

ilustração pojucanSempre à frente de seu tempo – o lugar projetou Matinas Suzuki Jr. na imprensa numa época em que nenhum jornalista brasileiro usava óculos de aro vermelho –, Barretos começa na segunda-feira a reprimir ciclista infrator das regras de condução de sua bicicleta.

Não se fala ainda numa lei seca específica para as ciclovias – ‘Se beber, não pedale!’ –, mas a contramão, o estacionamento proibido e o avanço de sinal vermelho serão penalizados com multa e apreensão de bikes pela fiscalização municipal. Quem resistir vai em cana!

Pode parecer exagero, mas se alguma coisa não for feita no limiar do boom do bicicletismo nacional, logo os velhos bandalhas do volante estarão nas ruas adaptando a falta de respeito coletiva ao guidom.

Vai demorar ainda para o ciclista passar de vítima a algoz do trânsito, mas já são comuns em hospitais de cidades como o Rio o pronto socorro a pedestres atropelados por bicicletas em alta velocidade nas pistas de tráfego compartilhado.

Quando, enfim, nem os pioneiros paulistanos do transporte alternativo aguentarem mais a multidão mal educada sobre duas rodas na capital, quem sabe a vida ainda seja viável em Barretos, né não?