“Onde não houver racha” é forte

Tutty Vasques

31 de julho de 2008 | 00h02

De Francisco Campos, do Diretório Nacional do PT, sobre a participação de Dilma Roussef na campanha eleitoral:

“Nossa sugestão é que ela participe prioritariamente onde não houver racha na base aliada.”

Que falta de modos, né não?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: