Oração do ficha suja

Tutty Vasques

12 de setembro de 2010 | 00h03

Paulo Maluf foi o primeiro a entregar seu destino político à “vontade de Deus” nas eleições 2010.

Joaquim Roriz só retocou a cara-de-pau ao creditar a insistência de sua candidatura aos “desígnios de Deus”.

Talvez tenha chegado a hora de encomendar a extrema-unção.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: