Outra pessoa

Tutty Vasques

25 Setembro 2013 | 00h08

Os movimentos homofóbicos da Rússia não precisam temer Elton John a ponto de reivindicar o cancelamento de dois shows do cantor marcados para dezembro no país de Putin.

O artista não é mais aquele que, em 1979, aproveitou a escala de sua turnê em Moscou para transar no telhado de um prédio com o tradutor – uma graça de comunista – que lhe servia de intérprete fora do palco.

Não tem mais idade para isso e, como bem observou um leitor deste post na seção ‘Comentários’, com o sobrepeso dos tempos, “não há telhado que aguente”!

A rigor, Elton só deverá voltar a subir no telhado quando chegar sua hora de partir desta para melhor!