Pais adotivos

Tutty Vasques

30 de abril de 2008 | 15h52

Na condição de mãe do PAC, Dilma Roussef deve passar um telegrama de condolências à família do químico suíço Albert Hofmann, considerado pai do LSD.

Morreu prematuramente aos 102 anos, provavelmente consumido pelas drogas, com toda uma vida pela frente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: