Pânico da desinformação

Tutty Vasques

22 Outubro 2014 | 18h31

Como em toda suspeita de ação terrorista após o 11 de Setembro, a primeira vítima no tiroteio desta quarta-feira no Parlamento do Canadá é a informação e, por conseguinte, os canais a cabo de jornalismo, indistintamente.

 

Pobres âncoras (não importa se a serviço da CNN ou da Globonews)!

 

Sabe lá o que é ficar horas ao vivo sem saber quem atirou, por que atirou, quem foi ferido, quantos são de um lado e de outro, se é coisa de organização terrorista ou de psicopata autônomo…

 

Fala-se muita besteira nessas circunstâncias!