Para sair bem na foto

Tutty Vasques

18 Setembro 2013 | 06h21

reproduçãoA assessoria de José Dirceu não confirma, mas é bem provável que o ex-ministro escolha uma dessas vitrines de loja de eletrodomésticos para assistir à sessão do STF hoje à tarde na TV.

Na última rodada do julgamento, ficou claro que, apesar de dispensar a confraternização com amigos no salão do prédio onde mora, Dirceu deu um jeito de não sair da mira dos fotógrafos: abriu bem as cortinas de casa, posicionou a TV voltada para a janela e posou de pé ao lado da tela de 52’ para garantir o flagrante nos jornais do dia seguinte.

Deixou a imprensa acreditar que estava invadindo sua intimidade de réu quando, na verdade, havia ele próprio preparado o cenário para a evasão de privacidade. Ninguém que não queira, convenhamos, se deixa espiar vendo televisão em casa, ainda mais sabendo que a imprensa está de tocaia lá fora.

Como precisa sempre de uma nova situação para não dar na pinta, a opção da vitrine do Ponto Frio ou das Casas Bahia tem tudo para emplacar!