Pibinho, e daí?

Tutty Vasques

04 Março 2013 | 11h37

reproduçãoDepois que o Verissimo elogiou o slogan ‘O fim da miséria é apenas um começo’, os marqueteiros do governo se encorajaram a lançar nova frase de efeito na propaganda oficial: “O PIB é pequeno, mas ninguém deixa de comer por causa disso!”

Não sei se o duplo sentido funciona para descontrair o ambiente, mas a verdade é que alguma coisa precisa ser feita para tirar de Guido Mantega o constrangimento que ele não consegue esconder sempre que chamado a explicar a performance ridícula do PIB brasileiro, como se este fosse um problema pessoal do ministro.

Enquanto não resolve o embaraço no divã, devia deixar a tarefa para a ministra Miriam Belchior, do Planejamento, né não?!