Pindaíba coletiva

Tutty Vasques

11 de abril de 2010 | 06h07

José Celso Martinez Corrêa que se prepare!

Vai ter gente de teatro fazendo fila na porta do Oficina quando o Ministério da Justiça liberar a indenização de R$ 569 mil autorizada na última quarta-feira pela Comissão de Anistia em reparação ao artista perseguido pela ditadura.

Do jeito que tem ator duro por aí, talvez seja bom até pedir reforço policial!