Point

Tutty Vasques

05 de junho de 2013 | 16h13

reproduçãoO melhor da ampliação do acesso popular à internet em Cuba é a rede social que rola solta nas filas de ingresso às salas públicas de computadores recém-inauguradas em Havana.

Tem gente que, quando chega sua vez de navegar, até desiste para economizar os US$ 6 cobrados por hora de conexão à rede.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.