Pouco confiável

Tutty Vasques

06 Novembro 2012 | 09h37

Se o processo eleitoral americano fosse coisa de uma República das Bananas qualquer, os EUA mandariam o Jimmy Carter de observador internacional para checar a lisura na escolha do novo presidente.