Primavera de Hong Kong

Tutty Vasques

30 de setembro de 2014 | 02h59

Não dá para entender por que jovens ocidentais estão comprando a briga do Estado Islâmico na Síria.

A luta pela democracia em Hong Kong é muito mais justificável, divertida e, por enquanto, menos perigosa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.