Protestar é humano!

Tutty Vasques

20 Junho 2013 | 02h20

ilustração pojucanCorre na Av. Paulista o boato de que Cláudia Raia e Marília Gabriela vão convocar pelo Facebook manifestação pacífica contra o lançamento em outubro da autobiografia de Alexandre Frota. Tomara que estejam preparadas para conter as inúmeras vândalas também citadas no livro.

Ou seja, mesmo após a revogação do aumento nas tarifas dos transportes públicos, ainda que as autoridades acabem até bancando o passe livre, a população vai continuar arrumando motivos para protestar nas ruas.

Ontem mesmo, articulava-se na Praça da Sé um ato público contra o sinal piscante de madrugada nos cruzamentos de SP, medida que o prefeito Fernando Haddad sancionara de véspera.

Em Porto Alegre, a torcida do Internacional já organiza um movimento contra o interesse do clube no imperador Adriano; o carioca pode fechar a qualquer momento a zona portuária para brigar pelo píer em ‘E’; em Belô, como se sabe, ninguém se conforma com a distância do mar.

Enfim, tem gente que saiu de casa esta semana pra nunca mais voltar!