Pum dramatúrgico

Tutty Vasques

24 de setembro de 2014 | 17h01

Muito mais ousado até que o beijo gay, o pum em cena aberta está sendo introduzido por Aguinaldo Silva na nova teledramaturgia brasileira.

Em ‘Império’, o autor deixa no ar a dúvida se o porcalhão é o pai Severo (Tato Gabus Mendes) ou o filho Robertão (Rômulo Neto).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.