Quase parando

Tutty Vasques

27 Março 2012 | 06h28

Com mais de 4,3 mil processos sobre sua mesa de trabalho, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, vai acabar não achando nada.