Rio+falta de ambição!

Tutty Vasques

22 Junho 2012 | 02h27

reproduçãoNão existe vida inteligente na Terra! Só se fala disso em Marte, onde a Rio+20 virou piada no programa de humor de maior audiência na TV Planeta Vermelho, uma espécie de Rede Globo de lá! “Os terráqueos deram agora para chamar de ‘falta de ambição’ a burrice de nada fazer para frear o fim do mundo em curso” – morrem de rir da gente!

Pior é que eles têm razão! Só se fala em ‘falta de ambição’ nas críticas generalizadas aos resultados da Conferência Sobre Desenvolvimento Sustentável que se encerra hoje no Rio.

A expressão genérica tem servido para tudo aquilo que já foi chamado de falta de vontade política, de juízo, de bom senso, de consciência, de noção, de boas ideias, de ética, de interesse, de ideologia, de respeito, de decoro, de objetivo, de responsabilidade, de motivação, de vergonha na cara, de inteligência…

Falta, enfim, liderança que defina melhor os anseios do planeta às vésperas do fim do mundo. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, foi o primeiro a criticar na quarta-feira a falta de ambição da Rio+20, mas mudou de opinião ontem para classificar o documento final da conferência como “ambicioso, amplo e prático”.

É muita falta de personalidade, né não?