Se a moda pega…

Tutty Vasques

08 Novembro 2012 | 10h57

ilustração pojucanA suspeita de que um suplente de vereador de Campina Grande (PB) teria participado do sequestro da irmã do jogador Hulck para pagar dívidas de campanha ameniza, de certa forma, o crime de caixa 2 em política.