Sem piedade

Sem piedade

Tutty Vasques

15 de maio de 2009 | 09h44

ilustração pojucan

Só pela cara de deboche com que ouviu a sentença pelo assassinato da menina inglesa que ele esquartejou em Goiânia, Mohammed D’Ali merecia um soco daqueles que seu nome inspira.