Silêncio dos inocentes

Tutty Vasques

07 Agosto 2014 | 06h03

reprodução Gisele Bündchen não quer dizer nada, rigorosamente nada! Completa hoje os “três dias em silêncio” a que se entregou de corpo e alma no início da semana. Três dias sem falar ou postar, nada a declarar! No caso de quem ganha a vida fazendo pose, convenhamos, isso não quer dizer muita coisa, mas o exemplo da top model devia ser mais difundido nas redes sociais, ainda que sob a propaganda enganosa de que ficar calado às vezes faz bem pra pele, “olha só a da Gisele Bündchen”.

O Neymar, não à toa, vive cheio de espinhas! Disse dia desses em Tóquio que “as garotas japonesas são muito bonitas, mas sou brasileiro, prefiro as brasileiras”. Pra quê? Por quê? A troco de que isso chegou ao nosso conhecimento? O ser humano em geral, como diz o Tite, “fala muuuiiito!”, especialmente quando não quer dizer nada, taí o noticiário político que não me deixa mentir.

O silêncio de Gisele Bündchen é, enfim, pura poesia a 12 dias do início da propaganda eleitoral na TV!