Sinto muito!

Tutty Vasques

20 Março 2013 | 20h31

Não precisa nem gostar ou mesmo conhecer o repertório de Emílio Santiago para sentir a morte dele como a de alguém bacana que partiu antes do tempo.

O bem perdeu um militante!