Slogan alheio

Tutty Vasques

25 de julho de 2008 | 12h37

Paulo Maluf voltou a usar seu bordão de campanha – “Devem estar me confundindo com outro Paulinho” – para justificar a alta rejeição que lhe é atribuída nas pesquisas de opinião.

Corre o risco de ser acusado de plágio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.