Tá podendo!

Tutty Vasques

28 de maio de 2012 | 06h52

É impressionante como Nelson Jobim ficou mais importante – e, consequentemente, mais cheio de si – depois que deixou o governo!

No tempo em que era ministro da Defesa, jamais aconteceu de chegar o Lula no meio de uma visita que lhe fazia o Gilmar Mendes.

Imagina o tamanho do ego do cara nessas circunstâncias!

Parece que nem atende mais ligações do José Genoíno!