Tamo juntu!

Tutty Vasques

23 de julho de 2013 | 00h36

Vândalos cariocas não tiveram acesso, mas mandaram recado ao papa Francisco:

“Se precisar de nossa ajuda para quebrar protocolos, é só chamar!”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.