Tara

Tutty Vasques

15 de outubro de 2011 | 09h37

A admiração dos homens – ô, raça! – pela rainha Rania, da Jordânia, virou puro fetiche após denúncias de que, além de linda, sua majestade se amarra numa corrupção.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.