Tecla sap

Tutty Vasques

21 de abril de 2008 | 19h53

Joel Santana vai precisar de uma meia dúzia de intérpretes na África do Sul.

Dois ou três só para entender o que ele diz em português.

O técnico, como se sabe, tem dialeto próprio.