Tédio sem vista pro mar

Tutty Vasques

07 de novembro de 2013 | 02h04

reproduçãoO Rio ainda não avaliou direito os impactos no trânsito após o fechamento para demolição do elevado da Perimetral – um “minhocão” com vista para o cais –, mas já circula no calçadão uma campanha para que, em seguida, a prefeitura mande implodir os túneis de acesso à Zona Sul. A ideia é inviabilizar de vez o uso do automóvel na cidade.

Está difícil circular no balneário! O carioca que saiu de casa domingo na hora do almoço chegou atrasado para aplaudir o pôr do sol. Dia desses, o Marcelo Tas, que está praticamente morando no Rio, ganhou 687 seguidores no Twitter no trajeto de táxi entre o Santos Dumont e o Leblon.

Tá certo que a paisagem distrai, mas o tempo esta semana tem prejudicado bastante a visibilidade do mar. Mal dá pra ver se lá na frente tem ponto de alagamento, obra do metrô, protesto ou blitz da lei seca.

Tomara que outra frente fria não chegue à cidade no fim do mês, quando começam os engarrafamentos para ver a árvore de Natal no meio da Lagoa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.