Dilma Jane e tia Arilda

Tutty Vasques

24 de maio de 2011 | 06h29

agsgsdQuando Dilma Rousseff chegou à cerimônia em Salvador, só se falava disso na área VIP da beatificação de Irmã Dulce: “Por que motivo a presidente não trouxe a mãe e a tia à missa, caramba?” Desde que as irmãs Dilma Jane e Arilda foram morar no Alvorada, a única notícia que tivemos delas dava conta do Dia das Mães que passaram trancadas em casa com a filha/sobrinha ainda convalescente de pneumonia.

Não há no Google qualquer registro de saída da dupla do palácio depois que para lá – consta que muito a contragosto – mudaram-se as três: Dilma Jane e Arilda preferiam a Granja do Torto para viver! Não conseguiram escapar da impessoalidade da residência oficial, mas nada justifica a reclusão das duas, ainda mais agora que a presidente saiu do repouso para ir à missa de domingo.

Pois se o próprio Sarney, que não é lá de pedir nada em benefício de sua família, aproveitou a carona para fazer uma média com dona Marli na Bahia, francamente, não custava nada incluir mais duas senhoras de idade na comitiva de Dilma Rousseff, né não?

Resta saber até quando Dilma Jane e tia Arilda serão mantidas longe dos holofotes. Quem sabe na viagem que a presidente fará em breve ao Paraguai…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: