Tiro pegou no King Air

Tutty Vasques

17 Novembro 2011 | 06h07

Em sua defesa, Carlos Lupi pode muito bem alegar que mentiu à toa! Atire a primeira pedra o político brasileiro que nunca andou num aviãozinho particular sem fazer a menor ideia de quem seria ao certo o dono da máquina!

O que poderia até soar meio esquisito no modus operandi de nossos homens públicos é esse negócio de pegar carona em turboélice numa época em que todo mundo só viaja de jatinho.

Se ligasse pro Sérgio Cabral, por exemplo, o governador mandava na hora o Phenom 300 novinho em folha do Eike Batista buscá-lo no Maranhão, a tempo de impedir a fatídica decolagem do ministro no maldito King Air.