Torcida dividida

Tutty Vasques

01 de julho de 2010 | 06h20

Dilma Rousseff decidiu vestir a camisa da Seleção sempre que voltar à Bahia.

Ou vai acabar subindo no palanque de Geddel Vieira com abadá do Jacques Wagner – ou vice-versa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.